SCM Music Player - seamless music for your Website, Wordpress, Tumblr, Blogger.
Tanto mar, tanto mar
Home    Info    Ask    Submit
About: “Sou uma céptica que crê em tudo, uma desiludida cheia de ilusões, uma revoltada que aceita, sorridente, todo o mal da vida, uma indiferente a transbordar de ternura.”

meus gifs / músicas / Caio Fernando Abreu / Clarice Lispector / meus textos / meus desenhos /

trytobeblind:

iron-haze:

xox

trytobeblind:

More similar posts here ♥

trytobeblind:

iron-haze:

xox

trytobeblind:

More similar posts here 

(via positivelynoteworthy)

makemestfu:

EVERYTHING RELATE

makemestfu:

EVERYTHING RELATE

[…] O corpo soltou-se. A luz do dia saúda-o,
nudez conquistada, proclamada.
Estuda-se nova geografia.
Canais implícitos, adianta nomeá-los? esperam o beijo
do consumidor-amante, língua e membro exploradores.
E a língua vai osculando a castanha clitórida,
a penumbra retal.
A amada quer expressamente falar e gozar
gozar e falar
vocábulos antes proibidos
e a volúpia do vocábulo emoldura a sagrada volúpia.

Assim o amor ganha o impacto dos fonemas certos
no momento certo, entre uivos e gritos litúrgicos,
quando a língua é falo, e verbo a vulva,
e as aberturas do corpo, abismos lexicais onde se restaura
a face intemporal de Eros,
na exaltação de erecta divindade
em seus templos cavernames de desde o começo das eras
quando cinza e vergonha ainda não haviam corroído a inocência de viver.

EU SOFRIA QUANDO ELA ME DIZIA

Carlos Drummond de Andrade

(via indubio)

indubio:

ughtree:

I love this so much wow

(Source: willowbambi)

indubio:

-

indubio:

-

(Source: expressiveexperience)

indubio:

De repente as coisas não precisam mais fazer sentido. Satisfaço-me em ser. Tu és? Tenho certeza que sim. O não sentido das coisas me faz ter um sorriso de complacência. De certo tudo deve estar sendo o que é. 

Um Sopro de Vida, Clarice Lispector.

(Source: c-a-n-a-r-i-o)

(Source: pejitos, via trapezear)

(Source: some-velvet-morning, via trapezear)

O tempo passa? Não passa
no abismo do coração.
Lá dentro, perdura a graça
do amor, florindo em canção.

O tempo nos aproxima
cada vez mais, nos reduz
a um só verso e uma rima
de mãos e olhos, na luz.

Não há tempo consumido
nem tempo a economizar.
O tempo é todo vestido
de amor e tempo de amar.

O meu tempo e o teu, amada,
transcendem qualquer medida.
Além do amor, não há nada,
amar é o sumo da vida.

São mitos de calendário
tanto o ontem como o agora,
e o teu aniversário
é um nascer toda hora.

E nosso amor, que brotou
do tempo, não tem idade,
pois só quem ama escutou
o apelo da eternidade.

—Carlos Drummond de Andrade  (via indubio)

(Source: a-p-o-r-o, via indubio)

demasiado-fa-cil-de-romper:

tan-solo-somos-tu-y-yo:

Esta es una imagen tan hermosa a mi parecer.

Vuelve abuelito..

(via cafecomvodka)

(via armazem-de-sonhos)

(Source: glared, via jaghetermarilia)

(Source: teaonsundaymornings, via armazem-de-sonhos)

“Talvez eu queira demais. Não só de mim, entende? Dos outros também. Espero que descubram, por trás dos meus disfarces, toda a coisa. Porque as nossas angústias usam máscaras. E eu tenho uma mania de ser valente, dá até medo. O mundo entra na mochila e ela fica mais pesada que rocha. Aí brinco de tartaruga e quero levar tudo dentro. Nem eu me seguro, ora. Não sei porque insisto. Às vezes não dá, tenho que aceitar isso. Não é vergonhoso, nem fraco, é que não dá. Porque não. Mas, você sabe, não aceito essas respostas.”Clarissa Corrêa.   (via velejo)

(Source: neologismo, via armazem-de-sonhos)

(Source: voscht, via komakin0)

"The Elephant In The Room" theme by Becca Rucker. Powered by Tumblr.